2 July 2010

A minha Avó Luísa! Grandma!

Tantas vezes me lembro dela com saudade! Tive o privilégio de ter uma Avó que me mimou! Não com doces mas com sopas, não com roupas mas com festinhas na cabeça para adormecer ao som da história de sempre - "dai-me água senão morro!" E por vezes sinto culpa de em adolescente inconsequente lhe ter respondido de maneira torta, de não ir lá abaixo mais vezes! Mas acredito mesmo que estou perdoada! E quando, passado uns anos, voltei ao primeiro andar (agora com outro ocupante!) a emoção foi grande! As memórias eram tantas!! E apesar de estar tudo muito diferente está tudo muito igual! E chorei! De saudade! Agora percebo porque é que com a idade as emoções ficam à flor da pele! Para ti Avó Luísa, minha estrela brilhante!

To my dear Grandma that through out the years gave me her love wrapped in soups and bedtime stories while combing my hair. Sometimes I regret when I was impatient with her but I believe that she's over that! And when after a couple of years I went back to her old house (today with a new owner!) the emotion was bigger then words! So many memories in that house! So different but yet the same! And I cried!! Just because I miss her! So this little poem is for you dear Avó Luísa!



Grandma Twinkle

watching so near,

you are my treasure
my comforting dear...
I miss you at Christmas
most of all,
but that's when your light
shines brightest of all...
(algures na www)



 ("Grandma and me" by Dali Higa)


5 comments:

Rita Maria said...

A minha Avó era A Avó Tica... Tenho muitas saudades,dos almoços de Domingo, das noites dormidas ao som dos mil e um relógios do Avô Tico,de muitas coisas que agora enumerá-las estava aqui uma eternidade.
A única coisa que eu peço é que os meus 4 sejam tão próximos dos 4 avós que têem como eu era dos 3 que conheci ( estes dois em Particular).E que quando chegar a hora tenham essas saudades ( que são boas) que nós também temos...

Mais lágrima menos lágrima essas saudades são boas...
Beijinhos grandes
Rita

Susi said...

Joana, lendo o que voce escreveu sobre a sua Avo,me identifiquei bastante, pois a minha também me mimou muito,me deu tudo, orientaçao, educaçao, amor, carinho, companhia, fou fundamental em minha vida.E eu lhe serei eternamente grata por tudo.
Sinto muita saudades dela.
abracos

Tucha said...

Gostei tanto, tanto deste teu testemunho que fiquei sem palavras. E vou ser franca fiquei comovida...Só espero que os meus netos e netas tambem fiquem com tão boas recordações desta avó.
Bjnhs

Joana BFS said...

Tenho a certeza que sim!!!
Beijo grande!

By Deva said...

Também sinto muita saudade da minha avó paterna, uma grande avó, uma grande amiga. Pena não ter conhecido o meu filhote...