25 September 2011

sentimento estranho

deixei as crianças com amigos, THANK YOU!
e fui a Roma
ver as possíveis escolas
e algumas casas/apartamentos



apesar de não ser a primeira vez
um sentimento estranho invadiu o meu pensamento
pois de repente realizei
que aquelas paragens vão ser as nossas paragens daqui a uns meses



nós os mesmos
à nossa volta
 tudo diferente
 outra vez

sentimento estranho numa cidade que vai deixar de ser estranha
os turistas e nós os futuros residentes
eles a descobrir a capela cistina e nós a contar o numero de quartos em cada casa visitada
eles com mapa dos principais monumentos a visitar
nós com mapa das estradas e GPS para descobrir as moradas das escolas 
eles a comer uma sanduíche nos "spanish steps" nós apenas a tentar perceber a vibe do local

foi um sentimento estranho
nem bom nem mau
apenas estranho



mas cheio de curiosidade
misturada com algum receio
e de um suspiro fundo para esta nova mudança
estamos prontos
todos os seis





tenham todos uma boa semana









8 comments:

Monika Kardoso said...

Foi o mesmo sentimento que nos invadiu quando fomos agora para Casablanca. Olhámos a cidade sob um olhar diferente, mais analítico, crítico, a tentar identificar como nos vamos sentir neste novo universo.Boa sorte. nem imagino como deve ser a logistica de mudança de uma família de seis pessoas!!!! Espero que se sintam confortável rapidamente!! ;)

A Produtora de Paparoca said...

Roma...não conheço. Espero que a sua estadia corra bem. Mais uma vez adorei as suas fotos. Desejo-lhe uma boa mudança. Bjnhos :)***

Gonçalo said...

Posso acrescentar, segundo os meus conhecimentos de grande viajante em terras de Roma:
"Quem têm boca vai a Roma"
"Roma e Pavia não se fizeram num dia"
"Em Roma sê Romano"
"Todos os caminhos vão dar a Roma"
com estes saberes nada será estranho em Roma.
Gonçalo

Tucha said...

Sempre prontos para a mudança! é saudável. Encaixotar para depois desencaixotar já é uma prática da familia BFS.
Bjs

RITA said...

Espero que tenha
corrido tudo bem.Ié,se arranjaram casa e escola para os miudos...
Beijinhos grande e até amanhã.

Rita

Anonymous said...

As mudanças nem sempre são fáceis, mas acredito que a experiência da nos mais bagagem! Já tiveram uma boa mudança, outra menos boa, mas que acabou melhor. Vai correr bem, mesmos se for diferente! Bjs Monica

Sofia Reino said...

Eu conheço bem esse sentimento sempre que nos mudamos. Este para WI foi o mais dificil. Não encontravamos casa que nos gostasse, bairros simpaticos, escolas a maneira... E depois e de novo habituar-se a outra mentalidade, maneira de ser, os cantinhos novos que iram ser frequentados, etc. Boa sorte e coragem!

Pedro Ferreira da Silva, S.J. said...

J.

Obrigado pela partilha. Penso que consigo imaginar um bocadinho (pois seis pessoas e muita tralha, eheheh, é muito diferente de uma) o que sentes nessas mudanças. Nós aqui também temos uma vida quase de "caixeiros viajantes". É quase preciso ter uma mala sempre pronta, onde esteja material que vai desde um fato de banho até um fato completo, incluindo gravata. Mas se o trabalho é desagradável, e custoso, a mudança de ares é sempre boa. E, Roma é.... Roma.
Se precisarem de ajuda, digam. Beijos e abraços para todos.
pedro