22 May 2008

precisam-se vitaminas

Chega aquela altura do ano em que toda a gente reune as ultimas forcas para aguentar ate 'as ferias!!! Pelo menos e' como me sinto!
O peso de um ano lectivo em forca nos meus ombros esta a fazer-se notar! E que ano foi este!!! Mudanca de casa, de pai's, de lingua, de habitos e costumes....Muita coisa!
Como a experiencia ate agora tem tido muitos espinhos muitas vezes me pergunto se daqui a um ano vou sentir o mesmo que sinto agora. Provavelmente nao, toda a gente me diz que vou "adorar viver por estas bandas, deixa chegar o Verao e vais ver" Fico 'a espera pois ate agora duvido.
O maravilhoso tempo que faz cartao de visita para a riviera francesa ate agora anda escondido, temos tido muita chuva e ceu enevoado. Nada que impeca os meus filhos de irem para a piscina quando chegam da escola mas para mim a agua tinha que estar aquecida!!
Os franceses por aqui andam com os seus ares de arrogancia e ma' criacao chateados ate 'a medula por terem tantos turistas e outros que nao sao turistas, sao residentes, mas nao falam frances! que impertinencia!
O meu frances caminha devagar devagarinho, a frustacao e' enorme pois depois de preparar as frases muito bem na minha cabeca quando chega a altura bbbrrrruuu nao me sai nada!!!!
Preciso de ir para um lugar familiar,ver caras familiares e sorridentes, comida caseira e feita pela mae, ver irmaos e sobrinhos e pais e tios e amigos e nao ter que fazer um esforco adicional para nada e para tudo! Ja falta pouco!!!

4 comments:

Anonymous said...

Oi Joana
pelos os vistos as saudades são grandes.Só posso dizer que nós por cá tambem sentimos a vossa falta,mas percebo perfeitamente que para voces o sacrificio é muito maior.Ontem á noite encontrei uma cassete de video do teu casamento, ao fim de quinze minutos tive que desligar devido a uma má disposição deve ter sido efeitos das saudades e de outras coisa mais.Beijinhos grandes do teu irmão Gonçalo.

Anonymous said...

Querida Joana,
Quanto ao tempo o nosso cantinho à beira mar planatdo nem parece o mesmo...Tanta chuva, credo!!! Até já tenhos os osso molhados, qualquer dia ganhamos raizes nos pés como as plantas.
Confesso que já não consigo viver sem as vitaminas!!! É que a malta não tem uma vida normal e rotineira, não D. Joaninha...Antes vitaminas que outras coisas...Pelo menos coonhecemos-nos para saber quando já passámos das marcas e precisamos de um bocadinho de combustivel adiconal (ainda bem que não sobem o preço como o petróleo...)
Confesso que o Francês não é coisa fácil, até para mim que tenho aquela necessidade terrivel de falar com toda a gente, quando estou em França o esforço é sub-humano!!!
O próprio do Franciu não é flôr que se cheire, mas quando são charmosos são mesmo...Cuidado Diogo, que a garota faz furor!!!
Quanto à água, concordo plenamente contigo, o melhor é despejares uma chaleiras de água quente antes de entrares e depois o corpo habitua-se (hi,hi,hi!!!)
Tamos mortinhos por vos ter cá, apesar de ainda faltarem dois meses (..nuca mais passam...)
Um big kiss, un grand biju (não me lembro como se diz em franciu...)
Ticha

Joana said...

Nao pensem que a chuva nao chega aqui, pois temos tido trovoes e trovoada e chuvarada que chegue para extinguir o nucleo terrestre!!! A unica diferenca e' que nao esta frio, parece as tempestades tropicais, tempo humido quente e chuva, chuva, chuva...
Alias, se viram o grande premio do Monaco sabem do que estou a falar!
Sera que vamos ter verao?
Au revoir

Prima Mariana Pimenta said...

Tenho saudades, se conseguir quantificar tenho infinitas saudades, mas.... OK!!! Não consigo quantificar!

Estar em França e não estar com voces vai custar!

Um grande beijinho

P.S- Enviei um mail.