14 November 2006

"uma gaja chateada"

Hoje fui surpreendida pelos ingleses e surpresa das surpresas pela positiva e duas vezes!! UAU!!
A primeira fui no parque de estacionamento em que uma lady muito simpatica me deu o ticket dela (ela estava a sair) e assim nao paguei o parque e a segunda vez, na fila do supermercado, uma outra lady, viu que eu so tinha duas coisas para pagar e deu-me a vez dela!!
Acreditem que tanta amabilidade me vez pensar!! Sera' que ja me acham uma autoctone? Ja nao tenho o ar de uma emigrante aterrada em Gerrards Cross? Ou sera que depois de 3 anos a minha cara ja mostra sinais de assimiliacao inglesa? Voces sabem, uma cara seria, sem sorrisos e um tanto emproada? Digam-me quando for ai no Natal, pois e' preocupante!! Eu sei que no minuto em que eu abro a boca para agradecer tamanha gentileza, se houver alguma ilusao por parte delas, vai-se rapidamente, o problema e' que depois me acham americana por causa do sotaque !! E nao sei se nao sera' pior!!!!
Mudando de assunto, o meu "apito dourado" esta-se a transformar num "trombone dourado"! Socorro!!! A rapariga bem se quer fazer entender, mas ninguem a entende! Misturas de portugues com ingles com bebebes e temos uma "gaja chateada"!! Ate tenho direito a assistir a uma aula de breakdance em qualquer chao que se meta no caminho das suas vontades!!
Mas por outro lado esta de morrer a rir! Imita tudo o que os irmaos fazem e danca que e' uma maravilha!

3 comments:

CUNHADO said...

ATENÇÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

TOQUEM O ALARME!!!!!!!!!

A JOANA ESTÁ A FICAR BIFE!!!!!!
A SEGUIR O DIOGO FICA COSTOLETA, E OS GAIATOS ACABAM EM BIFINHOS DE STROGONOF.

NÃO PODE SERRRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!

SOLUÇÃO: antecipem a vinda nas férias do Natal, e fiquem mais tempo do que o previsto. Nós, os PORTUGAS, trataremos de aplicar o remédio.

OLHA, não te preocupes, na volta tu é que estás a mudar as ladies. Qualquer dia entras no super-market, e estão todas a comprar bacalhau para assar, acompanhado de umas batatinhas a murro!

QUANTO à ANA, a coisa pia mais fino, ou melhor pia demais. Mas se a quiseres deixar cá uns tempitos connosco, acho que até fazia um esforçozito para a tentar apaziguar. Por outro lado, o remédio pode ter de ser aplicado a vocês os cinco: comprar borrachinhas para os ouvidos. Se calhar ela acalmava vendo que não tinha audiência para os seus ensaios das operetas.

Bem, por agora é tudo. Imagino que os próximos dias serão de pouca escrita. Só desculpo porque a razão pela qual assim deve ser é uma razão MUITO VÁLIDA. Aproveita bem os mimos dos teus pais. E já agora, pede-lhes para vos darem uma ensaboadela de cultura portuguesa.

MUITOS BEIJINHOS PARA TODOS, DE TODOS CÁ DE CASA, COM MUITAS SAUDADES.

P.S. - JÁ ESTAMOS NO COUNTDOWN (OOPS, ATÉ EU ESTOU A ESCREVER EM INGLÉS) PARA A VOSSA VINDA.

Pinhal(conjunto de Pinheiros) said...

Quanto a ficar bifa não há problema basta dares uma das tuas risadas em pleno supermercado que deixam logo de achar que és bifa. Se calhar são eles que estão a ficar um bocadinho(leia-se só um bocadinho) mais continentais.
Quanto à Ana acho que é o síndrome do 4º filho com 2 anos. A teresa está igual. Quando não se lhe faz a vontade é uma gritaria pegada e não vive em Inglaterra mas também não fala português. Percebe-o, mas falar não fala...É mais russo com eslovaco à mistura.A duas únicas palavras que se percebem são:"É meu!!!" e "Não!!!". Sei que os teus pais já estão aí. Mata muitas sódadinhas que logo a seguir vocês estão cá.
Beijinhos grandes para todos o um muito grande para o "Trombone Dourado" do padrinho.
Rita

Mariana Belchior said...

Querida Joana, ja estou naquela fase em que conto as semanas para a vossa chegada e da minha irma também. Isto de ter primos e irma fora e ler estas coisas dá uma saudade... o tempo até passa rápido mas não o suficiente. Anciosamente á espera de todos, beijinhos muito grandes